Nossa história

A Fundação Fenômenos nasceu em 2012, a partir do desejo de Beatriz Antony e Ronaldo Nazário de Lima em contribuir positivamente para o desenvolvimento de um mundo onde todos pudessem viver bem. A Fundação começou sua história investindo em pessoas e iniciativas sociais - os fenômenos - que já trabalhavam em prol do viver bem de suas comunidades.

Ao longo desses anos, desenvolvemos quatro programas para fortalecer e potencializar comunidades: Incubadora Fenômenos, Programa Impulso, Prêmio Solidários e Desafio Fenômenos, que juntos atenderam a diversas iniciativas e coletivos sociais na cidade de São Paulo e em Fortaleza.

Conheça as iniciativas que já foram apoiadas pela Fundação Fenômenos:

Espaço Comunidade

Espaço Comunidade

Espaço cultural no bairro Monte Azul - zona Sul de São Paulo, ocupado por coletivos da região e entorno e aberto à comunidade com o objetivo de compartilhar, somar e desenvolver atividades nos campos da arte, educação e cultura.

Moradigna

Moradigna

Negócio social desenvolvido no Jardim Pantanal - zona leste de São Paulo, que ofecere soluções de habitação - legalização fundiária e reformas de baixo custo -, para as populações de classes C e D da região.

Sannalber

Sannalber

Marca que, por meio da moda, agrega pessoas, eventos e oficinas em torno de um negócio colaborativo em torno da arte e da cultura afro-brasileira.

Atados

Atados

A maior plataforma digital de voluntariado no Brasil que conecta organizações sociais e voluntários em potencial em prol de uma causa. O objetivo principal é ampliar o senso de comunidade na sociedade, levando cada vez mais pessoas a entrar nessa corrente de gente boa.

Dente de Leão

Dente de Leão

O Coletivo Dente de Leão visa revitalizar um trecho do Parque Linear da Integração Zilda Arns, em Sapopemba, por meio de mutirões comunitários para o plantio de árvores, limpeza e manutenção do espaço, além da mobilização da comunidade para a ocupação do parque a partir da prática de atividades físicas, como caminhadas e campeonatos esportivos.

Escritureiros de Parelheiros


Escritureiros de Parelheiros


Coletivo de jovens que trabalham com a literatura como transformadora social, convidando a comunidade para festejar a partir de leituras de textos e apresentações musicais, de dança e diversas ações culturais e artesanais em Parelheiros - zona sul de São Paulo..

Instituto Favela da Paz


Instituto Favela da Paz


Surgiu para promover autonomia e fortalecer as favelas de São Paulo, sobretudo, o Bairro de Nakamura - região do Jardim Ângela. A iniciativa atua com ações ligadas ao esporte, energias renováveis, música e arte como instrumentos de transformação social.

Cinemateus

Cinemateus

Organização social que realiza o trabalho de empoderamento da juventude da região de São Mateus e entorno através de projetos de comunicação e audiovisual. Eles realizam os projetos “Em Cena”, programa de formação de audiovisual; “Interligados”,  programa de Tv para a web que conecta as potencialidades da comunidade, fortalecendo-a; e outros.

Instituto Banco Palmas

Instituto Banco Palmas

Organização  transformou o bairro periférico de Fortaleza por meio da organização da própria comunidade e a implementação de um Banco Comunitário, oferecendo microcrédito e diversas oportunidades de desenvolvimento para aquela população.

Projeto Viela

Projeto Viela

Iniciativa que, através do futebol e da leitura, vem transformando e oferecendo novas perspectivas de vida para jovens e crianças do Jardim Ibirapuera - zona Sul de São Paulo.

Electi
Projeto

Electi


Iniciativa que trabalha para promover o empoderamento e protagonismo dos jovens em relação às suas escolhas para traçar um plano de vida. O trabalho é realizado a partir de workshops e aplicação jogo Electi. A metodologia visa despertar questões emocionais, valores pessoais e profissionais e desenvolver o senso de responsabilidade com o próximo e com o mundo a partir de suas escolhas.

Cidade Ativa

Cidade Ativa

Olhe o Degrau busca promover a revitalização da escadaria que dá acesso à escola municipal João Franzolin Neto, localizada em Ermelino Matarazzo, com o propósito de engajar a comunidade no processo de transformação de espaços públicos, incentivar a mobilidade a pé e deixar um legado para o uso da comunidade escolar.

Canto da Arte

Canto da Arte

A associação Canto da Arte é um centro de convivência que leva para os moradores da sua região acesso à cultura, esporte e lazer. O Canto ressignificou um antigo telecentro abandonado e mal utilizado em um espaço comunitário que oferece aulas de capoeira, muay thai, teatro e hip-hop e outras atividades.